Rodrigo Maia há 14 anos está na lista dos parlamentares mais influentes do país

Notícias

História

Para navegar na linha do tempo, utilize as setas do seu teclado ou arraste para os lados.

1970

Nasce em Santiago do Chile, Rodrigo Felinto Ibarra Epitácio Maia. O nascimento fora do Brasil foi devido à repressão política da ditadura militar que exilou seu pai, Cesar Maia.

1973

Se muda com a família para o Rio de Janeiro.

1989

Ingressa na Faculdade de Economia.

1996

Se torna aos 26 anos o mais jovem Secretário de Governo da Prefeitura do Rio de Janeiro, na gestão de Luiz Paulo Conde. Cria a Secretaria Especial do Trabalho e o Projeto Cidadania, voltado para famílias carentes. Como Secretário de Governo também torna legítimos os trinta dias de férias para o empregado doméstico. Tem sua gestão reconhecida pelos resultados aprovados pela maioria dos cariocas.

1998 – 2000

Concorre pela primeira vez e é eleito Deputado Federal pelo PFL com mais de 96 mil votos. Dedica-se às questões trabalhistas, tentando sempre promover melhorias na legislação. Nessa primeira legislatura, atua como presidente da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público. Seus principais atos à frente da Secretaria são: a criação da Secretaria Especial do Trabalho, o Projeto Cidadania, que auxilia famílias carentes da cidade e o ordenamento de feiras e do mercado ambulante.

2001

Assume a Presidência da Comissão Especial de Saneamento da Câmara. Como presidente, analisa a nova política de saneamento básico no Brasil.

2002

É reeleito Deputado Federal com mais de 110 mil votos. Trabalha pela modernização do Rio de Janeiro e pela realização dos Jogos Pan-Americanos na cidade, evento essencial para que o Rio fosse escolhido como sede das Olimpíadas em 2016. É eleito pelo DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) como um dos parlamentares mais influentes do país.

2003

Atua para a aprovação da MP do Futebol, lutando pela equiparação das atividades profissionais a atos de empresas . É também um dos articuladores para que uma punição para maus dirigentes fosse incluída na legislação. Se torna 1º Vice-Líder do PFL. É eleito pela segunda vez como um dos parlamentares mais influentes do Brasil.

2004

Comanda a oposição na aprovação do Projeto de Lei que viabilizou a municipalização do salário educação e garantiu R$ 224 milhões de reais por ano para investimento em educação e saúde no Rio. Essa aprovação proporciona a construção do Hospital de Acari e a manutenção do Programa Remédio em Casa que chegou a beneficiar 500.000 cariocas. É eleito, mais uma vez, um dos parlamentares mais influentes do Congresso Nacional.

2005

Se torna líder do PFL e comanda a oposição na investigação do escândalo do “mensalão” na CPI dos Correios. Se reelege como Deputado Federal para seu terceiro mandato, sendo o candidato mais votado da sigla no Estado do Rio de Janeiro, tendo obtido mais de 235 mil votos. Como líder do PFL comanda a votação que acabou com a CPMF, o imposto dos cheques. É eleito de novo pelo DIAP como um dos parlamentares mais influentes do Congresso Nacional.

2006

É um dos autores do Projeto de Lei que retira os benefícios de autores de crimes hediondos. É eleito, pela quinta vez consecutiva, um dos parlamentares mais influentes do Congresso Nacional.

2007

Se torna um dos principais articuladores da refundação do PFL que, após 20 anos de existência, opta pela modernização apostando em uma atuação mais ao centro. Desse processo nasce posteriormente o DEMOCRATAS. Assume a Presidência Nacional do Partido, iniciando um processo para modernização da legenda que foi uma das primeiras a defender a Lei da Ficha Limpa. Na Presidência do Democratas, Rodrigo consolida o posicionamento de oposição ao governo federal e trabalha pela reformulação da legenda em todos os estados. Trabalha também na coordenação estratégica de campanhas para eleger governadores, prefeitos, parlamentares e vereadores do DEM. É eleito, mais uma vez, um dos parlamentares mais influentes do país.

2008

Lidera o movimento contra a taxação da poupança proposto pelo governo. Como está sempre na defesa dos servidores, Rodrigo articula em Brasília a aprovação da PEC 300 que vai criar um piso nacional para os Policiais e bombeiros. Esta proposta ainda tramita no Congresso. É eleito de novo pelo DIAP como um dos parlamentares mais influentes do país.

2009

Rodrigo tem participação fundamental para a implementação do projeto PL 521/2009 que garante a estabilidade nos dezoito meses que antecedem a aposentadoria. Pela oitava vez consecutiva, é eleito pelo DIAP como um dos parlamentares mais influentes.

2010

É o principal defensor dos aposentados que lutam pelo fim do fator previdenciário. Cria o projeto que facilita o acesso ao FGTS, pelo trabalhador e seus dependentes, em situações de emergência, calamidade e doenças crônicas. Se posiciona e luta contra a tentativa de mudança de regras na distribuição dos royalties do petróleo comandado pelo governo do PT e PMDB. Rodrigo e o DEM, através de emenda ao Projeto de Reforma Política, defendem o fim do voto obrigatório e a implementação do voto facultativo a fim de incentivar maior conscientização do cidadão na hora de votar. “Voto não é uma obrigação. É uma liberdade de escolha.” afirma Rodrigo Maia. É reeleito para seu quarto mandato como Deputado Federal. O DIAP o elege, mais uma vez, um dos parlamentares mais influentes do Congresso Nacional.

2011

Garante a vitória da EMENDA 29 que obriga o Governo Federal aumentar os recursos para a saúde. Consegue a aprovação de um destaque do DEMOCRATAS, o que impediu a criação de um novo imposto para a saúde, o CSS. Cria o projeto que defende o acesso grátis das famílias de baixa renda à internet.

É autor do projeto que proporciona transporte grátis para portadores de doenças crônicas e deficiências. Propõe os Projetos de Lei que acabam com a cobrança de impostos sobre Produtos Industrializados (IPI) para pescadores na aquisição de embarcações para uso em sua atividade profissional e sobre a importação de equipamentos e materiais para uso exclusivo do exercício das profissões de cinegrafista e fotógrafo.

É designado Coordenador da Comissão Externa da Câmara dos Deputados, que vai organizar e supervisionar a Jornada Mundial da Juventude 2013 que acontecerá no Rio. Rodrigo foi, também, o autor do requerimento que solicitou a criação da Comissão do evento.

Comanda a luta do partido no Congresso para que a União destine 10% de seus investimentos para a saúde. Afirma que “o Rio tem publicidade demais e governo de menos” ao condenar gastos milionários e recordes em campanhas publicitárias, contrastando com a falta de investimento em saúde e educação. Passa o comando do DEM ao senador José Agripino (DEM-RN). Pela décima vez consecutiva é eleito pelo DIAP como um dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional.

2012

Se posiciona contra a taxação dos inativos e imposição de previdência complementar ao servidor. Atua na Câmara como membro efetivo das Comissões de Finanças e Tributação, Copa do Mundo e das Confederações, Subcomissão permanente de Assuntos Federativos, Jornada Mundial da Juventude, Ciência e Tecnologia e da Subcomissão Especial da Reforma Tributária.

No decorrer de sua trajetória como deputado, Rodrigo Maia integrou ainda as Comissões de Finanças e Tributação; Constituição, Justiça e de Cidadania; Fiscalização Financeira e Controle; Legislação Participativa e Relações Exteriores e de Defesa Nacional.

2013

É eleito presidente da Comissão de Viação e Transportes na Câmara. À frente da comissão, Rodrigo Maia realizou diversas audiências públicas para debater problemas na concessão nos aeroportos no país, a construção de um terceira pista no aeroporto do Galeão e situação das famílias na região, os problemas do setor aéreo, dentre outros.

Deputado foi indicado pelo seu partido para integrar a Comissão Especial que debateu um projeto de reforma política. Rodrigo Maia defendeu o voto facultativo.

Projeto do deputado que benéfica fotógrafos e cinegrafistas foi aprovado na Comissão de Finanças e Tributação. A proposta garante a esses profissionais a isenção na cobrança de impostos e contribuições na importação de equipamentos e materiais.

2014

Rodrigo Maia é membro do Democratas na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito que investiga irregularidades envolvendo a Petrobras. O deputado apresentou requerimentos pedindo a convocação de ex-diretores e outros envolvidos no escândalo da estatal e a quebra de seus sigilos fiscal, bancário e telefônico.

Apresentou projeto de lei propondo uma alteração na legislação para que a remuneração dos depósitos efetuados do FGTS não seja inferior à inflação. Medida propõe a garantia de que o valor depositado na conta vinculada mantenha seu poder de compra e que a garantia de reposição de inflação valha a partir deste ano.

Apresentou projeto de lei garantindo aos maiores de 60 anos a gratuidade nos ônibus urbanos e semi-urbanos. Hoje, a gratuidade vale a partir dos 65 anos.

Rodrigo Maia é mais uma vez candidato à deputado federal para continuar representando o Rio de Janeiro no Congresso Nacional.

2015

Rodrigo Maia é designado Presidente da Comissão Especial da DRU. Ao lado dos líderes do DEM, foi um dos principais articuladores do movimento pró-impeachment da presidente Dilma

2016

Com 285 votos, Rodrigo Maia é eleito presidente da Câmara dos deputados para um mandato tampão, até 1 de fevereiro de 2017.

Projetos

Conheça alguns dos projetos do deputado Rodrigo Maia em tramitação no Congresso Nacional:

PLC 7405-2014 Aposentados

Reduzirá de 65 para 60 anos a idade necessária para o direito à gratuidade nos ônibus.

Saiba mais

PLC 7037-2014 Economia

Proibirá que a atualização dos depósitos do FGTS seja feito por índice inferior a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) divulgado pelo IBGE.

Saiba mais

PLC 274-2015 Animais

Regulamentará o transporte de animais domésticos nos aeroportos exigindo padrões de segurança, higiene e conforto.

Saiba mais

PLC 2114-2011 Trabalho

Concederá insenção de impostos aos equipamentos e materias importados utilizados exclusivamente no exercício da profissão de fotógrafo e cinegrafista.

Saiba mais

Multimídia

Contato

Please leave this field empty.